Photoarts Gallery online: Todo o nosso acervo no seu monitor

Claudia Furlani

Claudia Furlani é formada em Artes Plásticas, e Design. Pós-graduada em arte terapia, foi professora na Escola de Artes da Associação Paulista de Medicina. Trabalha como artista plástica desde 2000. Sua produção envolve sobreposições com colagem, transferências, pintura, fotografia e arte digital. Participa ativamente em salões de arte, feiras e exposições dentro e fora do Brasil. Suas fotografias estão na Photoarts e em galerias na Itália e Nova York. Claudia ganhou prêmio “Ventioertrena” no Museo Internazionale Dinamico de Arte Contemporanea, na Itália (2009 e 2011) e no Euroclick (2012). 

Mostrando 9 produtos

5 / 10 / 15 / 20 / 25 /
  • Brooklyn Bridge

    R$189,00

    Brooklin Bridge faz parte da série Vertigo de Claudia Furlani. Entre abril e junho de 2015 Claudia esteve em Nova Iorque para expor seus trabalhos e todos os dias passeava pela cidade com sua câmera registrando tudo o que via pela frente: pessoas, parques, prédios, pontes, sombras, reflexos, etc. “Em Nova Iorque tudo é muito exagerado. As avenidas são largas, os museus são enormes, os prédios são muito altos, o turista fica um pouco desnorteado e tamanha grandeza sempre causa espanto e curiosidade. Quando eu olhava a cidade do alto de um prédio e eles são muito altos eu sentia vertigem ou mesmo estando na rua e olhando para o alto eu também sentia um pouco de vertigem. Isso acontecia todos os dias e foi a partir daí que me veio a ideia de fazer uma série de fotos representando essa sensação.

     Disponível nos tamanhos: Pequeno (30x45cm), Médio (40x60cm), Grande (60x90cm) e Colecionador (90x135cm)

    Acabamento: Metacrilato (quadro com 5 mm de espessura, com perfil de alumínio, pronto para pendurar)

    Detalhes
  • Luna Park

    R$189,00

    Luna Park faz parte da série Vertigio de Claudia Furlani. Entre abril e junho de 2015 Claudia esteve em Nova Iorque para expor seus trabalhos e todos os dias passeava pela cidade com sua câmera registrando tudo o que via pela frente: pessoas, parques, prédios, pontes, sombras, reflexos, etc. “Em Nova Iorque tudo é muito exagerado. As avenidas são largas, os museus são enormes, os prédios são muito altos, o turista fica um pouco desnorteado e tamanha grandeza sempre causa espanto e curiosidade. Quando eu olhava a cidade do alto de um prédio e eles são muito altos eu sentia vertigem ou mesmo estando na rua e olhando para o alto eu também sentia um pouco de vertigem. Isso acontecia todos os dias e foi a partir daí que me veio a ideia de fazer uma série de fotos representando essa sensação.

     Disponível nos tamanhos: Pequeno (30x45cm), Médio (40x60cm), Grande (60x90cm) e Colecionador (90x135cm)

    Acabamento: Metacrilato (quadro com 5 mm de espessura, com perfil de alumínio, pronto para pendurar)

    Detalhes
  • New York

    R$189,00

    New York faz parte da série Vertigio de Claudia Furlani. Entre abril e junho de 2015 Claudia esteve em Nova Iorque para expor seus trabalhos e todos os dias passeava pela cidade com sua câmera registrando tudo o que via pela frente: pessoas, parques, prédios, pontes, sombras, reflexos, etc. “Em Nova Iorque tudo é muito exagerado. As avenidas são largas, os museus são enormes, os prédios são muito altos, o turista fica um pouco desnorteado e tamanha grandeza sempre causa espanto e curiosidade. Quando eu olhava a cidade do alto de um prédio e eles são muito altos eu sentia vertigem ou mesmo estando na rua e olhando para o alto eu também sentia um pouco de vertigem. Isso acontecia todos os dias e foi a partir daí que me veio a ideia de fazer uma série de fotos representando essa sensação.

     Disponível nos tamanhos: Pequeno (30x45cm), Médio (40x60cm), Grande (60x90cm) e Colecionador (90x135cm)

    Acabamento: Metacrilato (quadro com 5 mm de espessura, com perfil de alumínio, pronto para pendurar)

    Detalhes
  • Times Square

    R$160,00

    Times Square faz parte da série Vertigo de Claudia Furlani. Entre abril e junho de 2015 Claudia esteve em Nova Iorque para expor seus trabalhos e todos os dias passeava pela cidade com sua câmera registrando tudo o que via pela frente: pessoas, parques, prédios, pontes, sombras, reflexos, etc. “Em Nova Iorque tudo é muito exagerado. As avenidas são largas, os museus são enormes, os prédios são muito altos, o turista fica um pouco desnorteado e tamanha grandeza sempre causa espanto e curiosidade. Quando eu olhava a cidade do alto de um prédio e eles são muito altos eu sentia vertigem ou mesmo estando na rua e olhando para o alto eu também sentia um pouco de vertigem. Isso acontecia todos os dias e foi a partir daí que me veio a ideia de fazer uma série de fotos representando essa sensação.

     Disponível nos tamanhos: Pequeno (30x35cm), Médio (40x47cm), Grande (60x71cm) e Colecionador (90x107cm)

    Acabamento: Metacrilato (quadro com 5 mm de espessura, com perfil de alumínio, pronto para pendurar)

    Detalhes
  • Mostrando 9 produtos

    5 / 10 / 15 / 20 / 25 /